Acidentes Aéreos com Times de Futebol

Acidentes Aéreos com Times de Futebol

Tragédia de 2016 com a Chapecoense

Torino – 4/5/1969

Na época o Torino Cálcio era uma das forças do futebol Italiano, tetra-campeão nos quatro anos anteriores ao acidente e era a base da Seleção Italiana, até então única Seleção bi-campeã mundial da copa do Mundo de Futebol. O Torino tinha o atacante Valentino Mazzola, principal jogador da Itália na época e candidato a craque para copa de 1950, que aconteceria no ano seguinte no Brasil. No início de maio de 1949, o Torino foi disputar um amistoso contra o Benfica de Lisboa, em Portugal. No dia quatro, o avião da Alitalia, que transportava o elenco e a delegação do clube, de volta à Milão de onde seguiram para Turim, choca-se contra a Basílica de Superga. Os 31 tripulantes morreram, entre os tripulantes estavam 17 jogadores, os dirigentes do clube e jornalistas italianos. Quando aconteceu o acidente, faltavam quatro jogos para o final do Campeonato Italiano de 1949. Embora todos os outros times se oferecessem para dar o título ao Torino, Juvenis e reservas do clube cumpriram os compromissos restantes. Se não houvesse aquele desastre a Copa de 1950 talvez não fosse como foi e o Brasil poderia ter enfrentado a Itália no Turno Final o invés da Suécia, pois a Itália ficou em segundo lugar na tabela do Grupo C, por ter perdido para a Suécia com o placar de 3x2. No Turno Final o Brasil venceu a Suécia por 7x1. Poderia ser a Itália, pois a base da Seleção Italiana estava naquele time do Torino Cálcio. O rumo da copa de 1950 seria outro?

Manchester United – 6/2/1958

Avião da Alitália que se chocou com a Basílica Superga
O time da década de 1950 foi considerado o melhor da história do Manchester United. Em disputa pela Copa dos Campeões a equipe foi até a Iugoslávia (hoje Sérvia) enfrentar o Estrela Vermelha (Crvena Zvezda), após ter vencido em casa por 1x0, em Belgrado, o Manchester United conseguiu um empate de 3x3 e se classificou para as semifinais. Na volta para a Inglaterra, uma das turbinas do avião pegou e a aeronave não apareceu mais nos radares na região de Munique na Alemanha e se chocou com um prédio. Oito jogadores do Manchester United e nove cronistas esportivos morreram. Nove jogadores escaparam, entre eles o meia Bobby Charlton, que foi destaque do título mundial de 1966 pela Inglaterra.

The Strongest 26/9/1969

Um avião da Lloyd Aéreo Boliviano desapareceu nos Alpes Andinos. No vôo estava o time do The Strongest, que voltava de um jogo em Santa Cruz de La Sierra. Os 69 ocupantes da aeronave morreram. O The Strongest, clube com sede em La Paz e maior número de títulos do Campeonato Boliviano é também o mais popular da Bolívia.

Alianza Lima 8/12/1987

O Alianza Lima era o líder do Campeonato peruano daquela ano. Na volta de Pucallpa, cidade da Amazônia peruana, o Alianza Lima tinha vencido por1x0 o jogo contra o Deportivo Pucallpa. Uma pane no motor do Fokker, pertencente a Marinha peruana, que levava a equipe até Lima fez com que o comandante da aeronave perdesse o controle e caísse. Todos os tripulantes morreram e junto com eles a equipe do Alianza Lima, um dos mais popular e tradicional clube peruano.

Zâmbia – 27/4/1993

A Seleção de Zâmbia viajava para Senegal, onde jogaria pelas eliminatórias da Copa de 1994. Foi considerada como a geração mais talentosa do futebol Zambinense. O avião da Força Aérea Zambinesa pegou fogo e caiu na costa do Gabão. Não houve sobreviventes e 18 atletas e comissão técnica estavam entre as vítimas.

Chapecoense - 29/11/2016Chapecoense - 29/11/2016

Um avião que transportava a delegação do clube de futebol Chapecoense sofreu um acidente na madrugada da terça (29/11/2016) quando se aproximava do aeroporto José María Córdova, na cidade de Medellín, na Colômbia. A aeronave, da companhia boliviana LAMIA, tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros entre membros da equipe e jornalistas, e nove membros da tripulação. Até o momento, o Governo colombiano afirma que seis pessoas foram resgatadas com vida. O jogador Alan Ruschel foi a primeira vítima a chegar no hospital de La Ceja, a localidade mais próxima do ocorrido, segundo relato da agência EFE, para onde parte dos feridos foi transportada.

Campeões da Espanha da Primeira Divisão

Campeões da Espanha da Primeira Divisão

Campeões da Espanha da Primeira Divisão

Ano
Campeão
Vice
2016
Barcelona
Real Madrid
2015
Barcelona
Real Madrid
2014
Atético de Madrid
Barcelona
2013
Barcelona
Real Madrid
2012
Real Madrid
Barcelona
2011
Barcelona
Real Madrid
2010
Barcelona
Real Madrid
2009
Barcelona
Real Madrid
2008
Real Madrid
Villareal CF
2007
Real Madrid
Barcelona
2006
Barcelona
Real Madrid
2005
Barcelona
Real Madrid
2004
Valencia
Barcelona
2003
Real Madrid
Real Sociedad
2002
Valencia
Deportivo La Coruña
2001
Real Madrid
Deportivo La Coruña
2000
Deportivo La Coruña
Barcelona
1999
Barcelona
Real Madrid
1998
Barcelona
Real Madrid
1997
Real Madrid
Barcelona
1996
Atletico de Madrid
Valencia
1995
Real Madrid
Deportivo La Coruña
1994
Barcelona
Deportivo La Coruña
1993
Barcelona
Real Madrid
1992
Barcelona
Real Madrid
1991
Barcelona
Atletico de Madrid
1990
Real Madrid
Valencia
1989
Real Madrid
Barcelona
1988
Real Madrid
Real Sociedad
1987
Real Madrid
Barcelona
1986
Real Madrid
Barcelona
1985
Barcelona
Atletico de Madrid
1984
Athletic Bilbao
Real Madrid
1983
Athletic Bilbao
Real Madrid
1982
Real Sociedad
Barcelona
1981
Real Sociedad
Real Madrid
1980
Real Madrid
Real Sociedad
1979
Real Madrid
Sporting de Gijón
1978
Real Madrid
Barcelona
1977
Atletico de Madrid
Barcelona
1976
Real Madrid
Barcelona
1975
Real Madrid
Real Zaragoza
1974
Barcelona
Atletico de Madrid
1973
Atletico de Madrid
Barcelona
1972
Real Madrid
Valencia
1971
Valencia
Barcelona
1970
Atletico de Madrid
Athletic Bilbao
1969
Real Madrid
UD Las Palmas
1968
Real Madrid
Barcelona
1967
Real Madrid
Barcelona
1966
Atletico de Madrid
Real Madrid
1965
Real Madrid
Atletico de Madrid
1964
Real Madrid
Barcelona
1963
Real Madrid
Atletico de Madrid
1962
Real Madrid
Barcelona
1961
Real Madrid
Atletico de Madrid
1960
Barcelona
Real Madrid
1959
Barcelona
Real Madrid
1958
Real Madrid
Atletico de Madrid
1957
Real Madrid
Sevilla
1956
Athletic Bilbao
Barcelona
1955
Real Madrid
Barcelona
1954
Real Madrid
Barcelona
1953
Barcelona
Valencia
1952
Barcelona
Athletic Bilbao
1951
Atletico de Madrid
Sevilla
1950
Atletico de Madrid
Deportivo La Coruña
1949
Barcelona
Valencia
1948
Barcelona
Valencia
1947
Valencia
Athletic Bilbao
1946
Sevilla
Barcelona
1945
Barcelona
Real Madrid
1944
Valencia
Atletico de Madrid
1943
Athletic Bilbao
Sevilla
1942
Valencia
Real Madrid
1941
Atlético de Madrid
Athletic Bilbao
1940
Atlético de Madrid
Sevilla
1937 a 1939
Não houve
-
1936
Athletic Bilbao
Real Madrid
1935
Real Betis Sevilla
Real Madrid
1934
Athletic Bilbao
Real Madrid
1933
Real Madrid
Athletic Bilbao
1932
Real Madrid
Athletic Bilbao
1931
Athletic Bilbao
Real RC Santander
1930
Athletic Bilbao
Barcelona
1929
Barcelona
Real Madrid

www.megatimes.com.br

CityGlobe