BRASIL CLASSIFICA-SE PARA COPA DO MUNDO 2010 NA ÁFRICA DO SUL

BRASIL CLASSIFICA-SE PARA COPA DO MUNDO 2010

O Brasil carimbou o passaporte para a Copa do Mundo de 2010 neste sábado, em Rosário, com uma atuação de gala, que misturou talento e frieza. Sem cair na provocação e no clima de guerra da torcida, a seleção venceu a Argentina por 3 a 1 e garantiu uma das quatro vagas sul-americanas para o Mundial com três rodadas de antecedência devido à derrota do Equador por 2 a 0 para a Colômbia e a do Uruguai por 1 a 0 para o Peru. A Argentina ficou em uma situação delicada. Em quarto lugar com 22 pontos, ainda vai enfrentar Paraguai e Uruguai fora de casa nos três jogos que restam na competição.

Dunga conquistou a terceira vitória sobre os argentinos desde que assumiu a seleção brasileira, em 2006. E o Brasil confirmou a superioridade nesta década. A vaga para a Copa do Mundo premiou um momento abençoado da seleção brasileira. Desde então, foram 18 jogos, com 14 vitórias e quatro empates. O Brasil vem de dez vitórias consecutivas: Peru, Uruguai, Paraguai e Argentina nas eliminatórias; Egito, Estados Unidos (duas vezes), Itália e África do Sul pela Copa das Confederações; e o amistoso contra a Estônia. Diego Maradona, que foi um velho freguês dos brasileiros como jogador, manteve a tradição também como técnico. Após assumir a seleção em outubro do ano passado, substituindo Alfio Basile, Maradona tem três derrotas e seis vitórias em nove partidas. Com os três gols contra os argentinos, a seleção chegou aos 100 na era Dunga. São ainda 33 vitórias, dez empates e quatro derrotas. Luis Fabiano é o artilheiro neste período, com 19 gols.



ARGENTINA 1 x 3 BRASIL
Julio César, Maicon, Lucio, Luisão, André Santos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano (Daniel Alves), Kaká; Robinho (Ramires) e Luis Fabiano (Adriano). Andújar, Zanetti, Sebá Dominguez, Otamendi, Heinze; Mascherano, Véron, Maxi Rodriguez (Sergio Agüero), Dátolo; Messi e Tevez (Diego Milito).
Técnico: Dunga. Técnico: Diego Maradona.
Gols: Luisão, aos 24 minutos, e Luis Fabiano, aos 30 do primeiro tempo; no segundo tempo, Dátolo, aos 20 minutos, e Luis Fabiano, aos 21.
Cartões amarelos: Lucio, Kaká, Luisão, Luis Fabiano, Ramires (BRA); Mascherano, Verón (ARG)
Estádio: Gigante de Arroyito, em Rosário, Argentina. Data: 05/09/2009. Árbitro: Oscar Ruiz (COL). Auxiliares: Abraham Gonzalez (COL) e Wilmar Roldan (COL).

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe