COPA DO MUNDO DE 1990 NA ITÁLIA


Copa do Mundo de 1990 na Itália

A Copa da Itália em 1990 é considerada a pior de todas. Detentora da menor média de gols e jogos sem a menor graça, incluindo a final com um magro 1 a 0, de pênalti, dos tricampeões alemães contra os argentinos.

O esquema tático dominante era a retranca, mesmo com a participação de craques como: Gullit, Van Basten, Maradona, Caniggia, Matthaeus, Roger Mila, Careca, Klinsmann e Voeller. O Brasil só ganhou pela diferença mínima. Desde 66, o Brasil não fazia campanha tão medíocre. Os jogadores de Camarões não tomaram conhecimento de Maradona e venceram os campeões mundiais por 1 a 0. A partida entre Camarões e Inglaterra foi considerada a melhor da Copa da Itália. As boas surpresas da Copa foram Camarões e Colômbia. Apenas as Copas de 70 e 90 tiveram nas quatro primeiras posições, quatro campeões mundiais. O curioso é que são consideradas a melhor e a pior Copa de todos os tempos.

Seleções participantes: 24

1. Alemanha Ocidental
2. Argentina
3. Áustria
4. Bélgica
5. Brasil
6. Camarões
7. Colômbia
8. Coréia do Sul
9. Costa Rica
10. Egito
11. Emirados Árabes Unidos
12. Escócia
13. Estados Unidos
14. Espanha
15. Holanda
16. Inglaterra
17. Irlanda
18. Itália
19. Iugoslávia
20. Romênia
21. Suécia
22. Tchecoslováquia
23. União Soviética
24. Uruguai

Seleções estreantes: 3 (13%) - Costa Rica, Irlanda, Emirados Árabes Unidos

Brasil na Copa do Mundo de 1990

Delegação Brasileira: Taffarel, Jorginho, Ricardo Gomes, Dunga, Alemão, Branco, Valdo, Careca, Mozer, Muller, Mauro Galvão, Bismark, Silas, Romário, Acácio, Aldair, Bebeto, Renato Gaúcho, Mazinho, Ricardo Rocha, Tita e Zé Carlos, Técnico Sebastião Lazaroni.

Foi a campanha mais decepcionante desde 66. Com um esquema tático tímido, Sebastião Lazaroni não levou o Brasil além das oitavas-de-final. A equipe passou pela primeira fase com três vitórias magras em Turim: 2 x 1 sobre a Suécia, 1 x 0 contra a Costa Rica e Escócia. Bastou uma jogada de Maradona, no final de Brasil x Argentina, para pôr Caniggia frente a frente com Taffarel, 1 x 0 e o Brasil estava fora.

Alemanha, Campeão da copa de 1990 na Itália
A final, a pior da história, foi uma revanche contra a Argentina. Vitória apertada por 1 a 0, graças a um pênalti (duvidoso) convertido por Brehme a seis minutos do fim deu a vitoria a seleção da Alemanha. Era a terceira final consecutiva dos alemães. A vitória foi um prêmio para dois líderes: Franz Beckenbauer no banco e Lothar Matthaus em campo. Foi uma das finais mais feias e violentas da história das Copas. O time argentino usou e abusou da "catimba" sul-americana para truncar o jogo. O zagueiro argentino Monzon foi expulso aos 19 minutos por jogo violento. A Alemanha conquistava o seu tricampeonato, igualando-se ao Brasil e à Itália.


Tabela e jogos da Copa do Mundo 1990

Primeira fase:

Grupo 1 - Itália, Áustria, Tchecoslováquia, Estados Unidos
Grupo 2 - Camarões, Argentina, Romênia, União Soviética
Grupo 3 - Brasil, Suécia, Costa Rica, Escócia
Grupo 4 - Colômbia, Emirados Árabes, Alemanha Ocidental, Iugoslávia
Grupo 5 - Bélgica, Coréia do Sul, Uruguai, Espanha
Grupo 6 - Inglaterra, Irlanda, Holanda, Egito

Oitavas-de-final:

Camarões 0 x Colômbia 0
prorrogação: Camarões 2x1
Tchecoslováquia 4 x Costa Rica 1
Argentina 1 x Brasil 0
Alemanha Ocidental 2 x Holanda 1
Irlanda 0 x Romênia 0
prorrogação:0x0 - Pênaltis: Irlanda 5x4
Itália 2 x Uruguai 0
Espanha 1 x Iugoslávia 1
prorrogação: Iugoslávia 1x0
Inglaterra 0 x Bélgica 0
prorrogação: Inglaterra 1x0

Quartas-de-final:

Argentina 0 x Iugoslávia 0
prorrogação: 0x0 - Pênaltis: Argentina 3x2
Itália 1 x Irlanda 0
Alemanha Ocidental 1 x Tchecoslováquia 0
Inglaterra 2 x Camarões 2
prorrogação: Inglaterra 1x0

Semifinais:

Argentina 1 x Itália 1
prorrogação: 0x0 Pênaltis: Argentina 4x3
Alemanha Ocidental 1 x Inglaterra 1
prorrogação: 0x0 Pênaltis: Alemanha 4x3

Disputa pelo terceiro lugar:

Itália 2 x Inglaterra 1

Final:

Alemanha Ocidental 1 x Argentina 0

Eliminatórias: 106 seleções
Classificados automaticamente: Argentina (última campeã) e Itália (país-sede)
Sede: Itália
Campeão: Alemanha Ocidental - 3º título
Jogos: 52
Gols: 115
Média de gols: 2,21
Público: 2.517.348
Média de público: 48.411
Artilheiro: Salvatore Schillaci (Itália) - 6 gols

O Brasil na Copa de 1990 na Itália: Eliminado nas oitavas-de-final - 9º lugar
4 jogos | 3 vitórias e 1 derrota | 4 gols a favor e 2 gols sofridos | saldo de gols +2.

Curiosidades:
Roger Milla, 38, se tornou o mais velho jogador a marcar um gol na história das Copas. O goleiro Walter Zenga, da Itália, bateu o recorde de minutos sem levar gol em Copas, do alemão Sepp Maier (475min, nas Copas de 74 e 78). Ficou 517min invicto, até a semifinal contra a Argentina (1 a 1). A Copa da Itália de 1990 reuniu, pela primeira vez, todos os times campeões mundiais (na época, Uruguai, Brasil, Inglaterra, Itália, Alemanha e Argentina).

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe