SAMPAIO CORRÊA É CAMPEÃO MARANHENSE 2010

Em pé: Diones, Ivair Gomes (treinador de goleiros), Rodrigo Ramos, Roni, Lucas, Silvio, Johíldo,Eloir, Jefferson, Hamilton Tavares (preparador físico) e Arlindo Júnior (preparador físico).
Agachados
: Joel Sá (massagista), Gabriel, Wescley, Elanardo, Édson, Raimundinho, Léo, Kléo, Rigo e Tiago Miracema.

O Sampaio Corrêa conquistou o título do Campeonato Maranhense 2010 da Primeira Divisão, que nao conquistava desde 2003. Na última rodada dos pontos corridos a vítima foi o Iape, que foi derrotado por 2 a 0, no Estádio Nhozinho Santos.

A Bolívia Querida entrou em campo sem o título, pois o Santa Quiteria tinha vencido o jogo contra o São José por 4 a 2 e ultrapassou o Tricolor na tabela. Mas o Sampaio mostrou tranquilidade e nos minutos iniciais conseguiu neutralizar as principais jogadas do Iape e explorou os contra ataques. O primeiro gol do jogo foi do lateral direito Edison, aos 29 minutos do primeiro tempo. O autor do segundo gol foi o artilheiro Wescley, aos 15 minutos do segundo tempo. Sampaio Corrêa e Moto Club são os campeões maranhense de 2010, da primeira e segunda divisão, respectivamente. Com o título do Campeonato Maranhense, o Sampaio garante vaga na Copa do Brasil e No Campeonato Brasileiro da Série D de 2011.

Os gols
O Sampaio abriu o placar aos 28 minutos do 1º tempo. Contra-ataque pela direita, Diones recebe e cruza, a zaga do Iape corta o primeiro lance, na sobra, o lateral-direito Édson chuta forte para fazer 1 a 0.
No 2º tempo, falta para o Sampaio, Léo bate, a defesa do Iape pede impedimento, mas o artilheiro Tricolor Wescley aparece para fazer de cabeça o segundo.

Campanha
O Sampaio realizou 16 jogos e somou 35 pontos. Foram 11 vitórias, dois empates e três derrotas. O Tricolor marcou 32 gols e sofreu 14.

Técnico bicampeão
Campeão maranhense em 2009 pelo JV LIderal, o técnico Sandow Feques é bicampeão ao conquistar o título do Estadual pelo Sampaio.

Artilheiro Tricolor
O atacante Wescley foi o artilheiro do Sampaio no Campeonato Maranhense. Ele marcou 11 gols e só perdeu para Quirino, do Santa Quitéria que balançou as redes por 13 vezes.

Fonte: O Imparcial Online & Futebol Nortista

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe