O BRASILIENSE FC É CAMPEÃO DA TAÇA DR. SOCRATES DE 2012

O Brasiliense conquistou a Taça Dr. Sócrates ao golear o Luziânia-GO, por 6 a 0, no sábado 5 de maio de 2012, na Boca do Jacaré. Com quatro gols no primeiro tempo de jogo, o time do técnico Luiz Carlos Barbieri dominou o adversário do inicio ao fim da partida e ainda fez mais dois na etapa final.

A goleada ainda teve ares de revanche por parte do elenco do Brasiliense. Os gols marcados serviram para os jogadores descontarem a derrota sofrida, por 3 a 1, para a equipe goiana, pela segunda rodada da Taça Mané Garrincha.

O Jogo
O Brasiliense começou a partida pressionando a equipe goiana. Logo na primeira chegada ao gol adversário, aos três minutos, Rodrigo Cardoso cruzou bola rasteira. Acosta dividiu com o zagueiro e a bola sobrou para Elivelto, de cabeça, abrir o placar. Dois minutos mais tarde, o Jacaré chegou novamente, com atacante Luiz Carlos que chutou em cima do goleiro Juninho.

Até a metade da primeira etapa, o Luziânia demonstrou não ter sentido o gol e com muito trabalho de bola começou a assustar a meta do goleiro Welder. No entanto, o time goiano não voltou a assustar e acabou sendo envolvido pelo Jacaré.

Aos 25 um lance atípico na partida. Em jogada de velocidade, o atacante Hugo cruzou rasteiro para o artilheiro Luiz Carlos, que chutou em cima do goleiro. A bola sobrou para o lateral Romarinho, que tentou colocar a bola para escanteio e acabou fazendo gol contra.

Cinco minutos mais tarde, o volante Ferrugem desencantou. Sem marcar desde o primeiro turno do campeonato, o jogador, com a perna direita, aproveitou cruzamento de Hugo e aumentou o placar para o Jacaré. Com mais três minutos, o Brasiliense chegou ao quarto gol após outro cruzamento de Hugo. O uruguaio Acosta dominou a bola e chutou cruzado, no canto direito do goleiro adversário.

Na volta do intervalo o Brasiliense precisou de dez minutos para continuar a montagem da goleada. Em cobrança de falta sofrida por Elivelto, o imperador Luiz Carlos chutou forte no canto esquerdo do goleiro. Foi o segundo gol de falta do artilheiro do Jacaré. O primeiro foi contra o mesmo Luziânia, ainda pelo segundo turno do campeonato. Já nos minutos finais, o zagueiro Luizão fez o segundo gol contra da partida, encobrindo o arqueiro Juninho e dando números finais para o duelo.

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe