O JI-PARANÁ É CAMPEÃO RONDONIENSE DE 2012

O Ji-Paraná sagrou-se campeão Rondoniense depois de 11 anos ao conquistar no domingo (10 de junho) o título estadual. O Galo da BR bateu o Espigão por 4 a 2, no estádio Luizinho Turatti, em Espigão do Oeste, pela decisão do Campeonato Rondoniense.

Numa partida bastante movimentada, Ji-Paraná e Espigão proporcionaram muitas emoções aos torcedores que compareceram ao estádio Luizinho Turatti.

E logo aos dez minutos, o Galo da BR abriu o placar. Em cobrança de escanteio de Robson Baiano, o zagueiro Júlio César cabeceou para o fundo das redes.O Ji-Paraná ainda teve oportunidade para ampliar o placar com Leandro Rodrigues, mas este desperdiçou a chance.

Para a segunda etapa, o Espigão volta tentando pressionar o adversário, enquanto que o Ji-Paraná tenta explorar os contra-ataques. E aos seis minutos, Sthanner recebe livre e finaliza em cima do goleiro Charles, desperdiçando a oportunidade. Aos 16', o Galo da BR consegue chegar ao segundo gol. Robson Baiano recebe na corrida, passa por seu marcador e bate na saída do goleiro Charles.

Aos 22', Sthanner é derrubado na área pelo zagueiro Nem e o árbitro assinala a marcação de penalidade. Na cobrança, Leandro Rodrigues marca, mas o árbitro faz voltar a cobrança devido a invasão. Na segunda oportunidade, Leandro Rodrigues marca o terceiro.Aos 26 minutos, Téo se choca com o árbitro Arnoldo Vasconcelos Figarela e o jogo é paralisado. Aos 34', Giancarlo arrisca de fora da área, a bola desvia na zaga e por pouco não surpreende o goleiro Douglas. No minuto seguinte, Téo bate cruzado e Douglas realiza grande defesa.

Aos 36 minutos, o Ji-Paraná fica com um jogador a menos em campo. Victor Hugo toma o segundo cartão amarelo e é expulso.Aos 39', Léo levanta na área, Giancarlo escora e Teo marca de cabeça o gol do Espigão. No minuto seguinte, após novo levantamento na área, Aderlan se choca de cabeça com o zagueiro do Ji-Paraná, leva a pior em campo e é levado para o hospital. Seis minutos depois, o jogo é reiniciado.

Aos 48 minutos, Charles tenta sair jogando, mas perde a bola para Yuri, que passa para Sthanner, que tem apenas o trabalho de bater no canto do goleiro Douglas, marcando o quarto gol.Aos 53', Téo ainda descontou para o Espigão, em cobrança de penalidade. Com o resultado, o Ji-Paraná conquistou seu nono título estadual e será o representante do estado na Copa do Brasil 2013. A última vez que o Galo da BR havia conquistado título estadual foi em 2011, quando o clube bateu a União Cacoalense na decisão.

FICHA TÉCNICA

Espigão 1 x 4 Ji-Paraná

Local: estádio Luizinho Turatti (em Espigão do Oeste);
Árbitro: Arnoldo Vasconcelos Figarela;
Auxiliares: Márcia Bezerra Lopes Caetano e Valdebranio da Silva;
Gols: Júlio César aos 10' do 1º; Robson Baiano aos 16', Leandro Rodrigues aos 24', Téo aos 39', Sthanner aos 48' e Téo aos 53' do 2º;
Cartões amarelos: Júnior (Espigão); Andrezinho, Sthanner e Victor Hugo (Ji-Paraná);
Expulsão: Victor Hugo (Ji-Paraná)

ESPIGÃO
Charles; Ney, Nem e Vieira (Felipe Souto); Pereira, Ronald (Aderlan), Léo e Renato (Júnior); Giancarlo e Téo. Técnico: Neneca.

JI-PARANÁ
Douglas; Júlio César, Eumar e Lucas; Dalvan, Yuri, Andrezinho (Cezar Baiano), Victor Hugo e Robson Baiano (Júnior); Leandro Rodrigues (Nielsen) e Sthanner. Técnico: Luciano de Almeida.

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe