CURITIBA NA COPA DO MUNDO FIFA BRASIL 2014

Desde que foi reinaugurado em junho de 1999, o tradicional Estádio Joaquim Américo, conhecido como Arena da Baixada, tem a reputação de ser um dos mais modernos e bem estruturados do Brasil.

Não foi de surpreender, portanto, que a casa do Atlético Paranaense, construída em sua versão original em 1914, estivesse entre as escolhidas para sediar a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. 
Para receber o evento, o estádio passará por mais uma fase de obras – prevista para terminar em dezembro de 2012 -, durante a qual receberá uma série de adaptações e em que será construído mais um lance de arquibancadas paralelas ao campo. A capacidade será aumentada assim para 40 mil pessoas, para que o estádio possa abrigar quatro jogos do Mundial de 2014.


Curitiba
Curitiba é o exemplo perfeito de que uma cidade pode se desenvolver e crescer economicamente de forma organizada e responsável. Após virar capital do Paraná em 1853, passou por vários projetos de planejamento urbano para evitar o crescimento descontrolado. É o berçário de planos alternativos para problemas que afligem diversas cidades no planeta, como o transporte público e a proteção do meio-ambiente.

A capital paranaense é a mais populosa do Sul do país, com 1,8 milhão de habitantes, e fica no centro de uma região metropolitana rica, quarta no ranking das maiores economias em contribuição para o PIB (Produto Interno Bruto). Apesar do tamanho, Curitiba segue em condições de oferecer qualidade de vida aos seus residentes, graças aos inúmeros parques que abriga e a um calendário cultural vasto e abrangente.



A diversidade cultural curitibana é fruto da imigração do século XIX. Nesta época, a região Sul recebeu um grande número de alemães, italianos, ucranianos e poloneses. Esses traços são perceptíveis principalmente no bairro de Santa Felicidade, que abriga diversas cantinas italianas, no Bosque Alemão e no Memorial Ucraniano, localizado dentro do Parque Tingui, que conta com a réplica de uma igreja típica do país.

Parques, aliás, não faltam pela cidade. A preocupação de Curitiba em preservar o verde nas áreas urbanas reflete-se ainda no Parque Tanguá, no Barigüi e no belo Jardim Botânico da cidade. Além dele, outra obra que impressiona é a Ópera de Arame, uma grande estrutura de aço e vidro, e o museu Oscar Niemeyer, projetado pelo próprio arquiteto.


Futebol
A cidade abriga dois tradicionais clubes do país, Coritiba e Atlético Paranaense. A rivalidade entre os dois começou em 1924 e hoje o Atletiba é um dos clássicos mais importantes do futebol nacional.

O Coritiba foi campeão brasileiro em 1985 e é dono do estádio Couto Pereira. O Atlético Paranaense levou o título do campeonato nacional em 2001, já jogando na Arena da Baixada (Estádio Joaquim Américo), inaugurada em 1999 e atualmente uma das mais modernas do país.

A terceira força da cidade é o Paraná Clube, cuja história é mais recente. Foi fundado em 1989, após a fusão de dois outros clubes, Colorado e Pinheiros. O Tricolor manda as suas partidas no Durival de Britto, estádio que foi usado na Copa do Mundo da FIFA 1950.

O estádio do Atlético Paranaense foi o escolhido para sediar jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Atualmente, já é um dos mais modernos do país e será ampliado para receber os jogos da competição.
Poster
O pôster escolhido pela população para representar Curitiba na Copa do Mundo da FIFA 2014™ é o que estampa a imagem de uma araucária estilizada. Conhecida como pinheiro do Paraná, nome do estado brasileiro do qual Curitiba é a capital, a árvore cobria aos milhares os campos de Curitiba desde tempos imemoriais, muito antes da fundação da cidade, no século 17.

Contida no nome da cidade – Curitiba, nome de origem indígena, quer dizer muito pinhão –, a árvore ocupa um espaço privilegiado no coração dos habitantes. É a primeira referência do território, um espaço urbano que, ao longo do tempo e de um planejamento premiado, motivou o orgulho e a estima do curitibano pela sua cidade.



Referência no Brasil e pelo mundo em transporte público, desenvolvimento sustentável e, ainda, pela sua forte cultura da inovação, Curitiba é o resultado da soma de gentes de todo o mundo que aqui escolheram viver, em paz, na unidade dos diferentes.

O pinheiro adulto se ergue para o infinito, feito taça de luz. É como se Curitiba inteira fizesse um brinde ao futebol, uma de suas paixões, e aos movimentos que fazem essa aventura chamada vida valer a pena. Que venha a Copa do Mundo de Futebol!





Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe