O SANTA CRUZ É CAMPEÃO DA SÉRIE C DO BRASILEIRO 2013

O Santa Cruz sagrou-se campeão da Série C do Campeonato Brasileiro de 2013 após vencer o Sampaio Corrêa por 2 a 1, o Santa Cruz conseguiu garantir o título da Série C do Campeonato Brasileiro. No primeiro jogo, os dois times empataram em 0 a 0.

Precisando do resultado para garantir o título, o Santa Cruz pressionou o adversário desde o início do jogo. Apesar disso, o time esbarrava em erros no último passe no ataque. Parecia sentir falta do atacante André Dias, que desfalcou o time por causa de uma contusão. Flávio Caça-Rato, esperança da torcida, errava muitos lances.

O Santa Cruz terminou a primeira fase da Série C em primeiro lugar do equilibrado Grupo A, com a melhor campanha entre os 11 clubes que brigavam pelas quatro vagas nas oitavas de final. O tricolor alcançou o topo da chave ao atingir os 34 pontos, sendo dez vitórias, quatro empates e seis derrotas, anotando 31 gols e sofrendo 19. Só na fase de classificação, o aproveitamento do Santinha foi de 56,7%.

Santa Cruz sagrou-se campeão da Série C do Campeonato Brasileiro de 2013
A frieza dos números não traduz a reviravolta que o Santa Cruz imprimiu dentro da competição. O time fazia campanha irregular e chegou a beirar a zona de rebaixamento, quando foi derrotado pelo então líder Fortaleza por 2 x 0 fora de casa e caiu para a oitava posição na 13ª rodada, a cinco rodadas do fim da fase de classificação.  Até mesmo troca de treinador houve durante a primeira fase, com a substituição de Sandro Barbosa por Vica. O atual comandante assumiu a equipe na 11ª rodada, com empate em 0 x 0 com o CRB em pleno Arruda.

O ponto de virada da trajetória da Cobra Coral na Terceirona veio justamente na reta final da primeira fase. A equipe engatou uma seqüência de quatro vitórias, um empate e uma derrota em seis jogos (venceu o Águia de Marabá, Baraúnas, Rio Branco e Brasiliense e empatou com o Sampaio Corrêa) e saltou na tabela. A única derrota neste período aconteceu diante do Treze, pela última rodada, mas o Santinha já tinha garantido a classificação com uma rodada de antecedência.

A força do Santa Cruz sempre esteve no Mundão do Arruda: jogando em seu estádio, o tricolor venceu dez partidas, empatou duas e perdeu apenas uma – para o Baraúnas, por 2 x 0, em jogo válido pela 6ª rodada da primeira fase.

Nas oitavas de final, o dono da melhor campanha da primeira fase se viu no meio de um imbróglio judicial: Betim e Mogi Mirim foram parar nos tribunais para decidir quem seria o adversário do Santa Cruz, que chegou a viajar para o interior paulista e se preparar para entrar em campo antes de uma liminar impedir a realização da partida e devolver o Betim, que havia sido excluído da fase de mata-mata, à competição.

Por conta do impasse, os jogos de oitavas de final e semifinais envolvendo o Santa Cruz tiveram que ser adiados, o que também culminou na mudança de datas das finais da Série C. Apesar da confusão, o Santa eliminou o Betim, com duas vitórias sobre o time mineiro (1 x 0 no jogo de ida, na Arena do Calçado, e 2 x 1 na volta, no Arruda), sacramentando o sonhado acesso para a Série B diante de mais de 60 mil torcedores corais, depois de seis anos nas divisões inferiores.

Depois de garantir a vaga da Segunda Divisão do ano que vem, o próximo desafio passou a ser a conquista do primeiro título nacional de sua história. A vaga para a final da Série C veio ao eliminar o Luverdense, vencendo o time por 2 x 0 em pleno Passo das Emas e com outro triunfo no jogo da volta, no Arruda, desta vez por 2 x 1.

No primeiro jogo da grande decisão, o Santinha conseguiu frear o Sampaio Corrêa no Castelão e segurou o 0 x 0 na casa do adversário. Este resultado era suficiente para que, com uma vitória simples, o tricolor levantasse a taça de campeão. E foi justamente isso que aconteceu no jogo de volta. Com uma vitória por 2 a 1, o santinha garantiu o título brasileiro da Série C de 2013.

Todos os campeões da série C

Campeonato Brasileiro - SÉRIE C

Ano Campeão Vice
2013 Santa Cruz FC (PE) Sampaio Corrêa FC (MA)
2012 Oeste FC (Itápolis/SP) Icasa (CE)
2011 Joinville (SC) CRB (AL)
2010 ABC FC (RN) Ituiutaba (MG)
2009 América FC (MG) ASA (AL)
2008 Atlético Goianiense Guarani (Campinas/SP)
2007 Bragantino (SP) Bahia (BA)
2006 Criciúma (SC) Vitória (BA)
2005 Clube do Remo (PA) América FC (Natal/RN)
2004 União Barbarense (SP) Gama (DF)
2003 Ituano (Itu/SP) Santo André (SP)
2002 Brasiliense (DF) Marilia (SP)
2001 Etti Jundiai (SP) Mogi-Mirim (SP)
2000 (2) sem campeão --
1999 Fluminense (RJ) São Raimundo (Manaus/AM)
1998 Avai FC (SC) AD São Caetano (SP)
1997 Sampaio Corrêa (MA) Juventus (SP)
1996 Vila Nova (GO) Botafogo (Ribeirão Preto/SP)
1995 XV de Piracicaba (SP) Volta Redonda (RJ)
1994 GE Novorizontino (SP) Ferroviária (Araraquara/SP)
1993 não houve competição -
1992 Tuna Luso Brasileiro (PA) Fluminense de Feira (BA)
1991 não houve competição -
1990 Atletico Goianiense America FC (MG)
1989 não houve competição -
1988 União São João (Araras/SP) C. Esportivo Passense (Passos/MG)
1987 (1) sem campeão --
1982 a 1986 não houve competição -
1981 Olaria AC (RJ) AA Santo Amaro (PE)
Títulos NÃO reconhecidos
2000 Malutron Uberlândia
1987
Modulo Azul
Modulo Branco

Americano (RJ)
Operario (MS)

Uberlandia (MG)
Paysandu (PA)

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

CityGlobe